Com uma área total de, aproximadamente, 29 mil metros quadrados, cinco pavilhões e 45 salas de aula, o ICEIA completará 182 anos de fundação, em 2018 | VIRTUAL EDUCA

A rede estadual de ensino do Estado da Bahia (Brasil) ganhará um centro de formação, eventos e convenções na área da Educação, que funcionará no Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Apoio Educacional e Tecnologia da Informação – Isaías Alves (antigo ICEIA), no bairro do Barbalho. O espaço passa por ampla reforma física, com investimentos em torno R$ 4 milhões e sediará, de 4 e 8 de junho, o XIX Encontro Internacional Virtual Educa Bahia 2018, um dos maiores eventos da área realizados na América Latina, reunindo professores, estudantes e pesquisadores do Brasil, América Latina, Caribe e da África. Nesta quarta-feira (18), o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, visitou as instalações para verificar o andamento da obra.

Secretário Walter Pinheiro: “Algumas instituições que vão participar do Virtual Educa, passado o encontro, vão ficar dentro da unidade, realizando projetos com estudantes e comunidades” | CLAUDIONOR JR

“Viemos fazer uma inspeção para ver em que nível está a preparação e conclusão das obras e vejo que estão bastante adiantadas, apesar de alguns imprevistos como a chuva, mas a previsão da primeira etapa é tranquilamente estar em condições de uso no dia 15 de maio. Nossa preocupação também é adotar medidas para a questão de acessibilidade. Depois do Virtual Educa, vamos ter outras intervenções para que o ICEIA se encaixe no processo posterior que vai transformar o espaço em um grande complexo de Educação”, destacou.

Ainda sobre as melhorias da unidade, o secretário Pinheiro falou sobre os projetos pedagógicos que serão implantados em benefício da comunidade escolar. “Algumas instituições que vão participar do Virtual Educa, como a Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Estadual da Bahia (UNEB), o Sistema S e o SENAI/CIMATEC, passado o encontro, vão ficar dentro da unidade, realizando projetos com estudantes e comunidades. A ideia é implantarmos o restaurante-escola, cursos de teatro e restauração, toda a parte de eventos e formação. A tendência é que o local se torne um espaço de conhecimento e aprendizagem”, disse.

182 anos

Com uma área total de, aproximadamente, 29 mil metros quadrados, cinco pavilhões e 45 salas de aula, o Isaías Alves completará 182 anos de fundação, em 2018. A reforma prioriza a estrutura de concreto (vigas, pilares e lajes). Estão incluídas a recuperação de toda a cobertura (telhados); substituição de pisos das salas e em outras áreas, com cerâmicas de alta resistência; reforma dos sanitários, dos vestuários; das quadras, do ginásio de esporte e da piscina coberta; restauração das esquadrias (madeira e metálica); troca de toda a parte elétrica e reparos na hidráulica, além de pintura interna e externa total.

E uma nova concepção de escola

Acompanhando a visita, a diretora do CEEP, Maribel Costa, falou sobre o que estas mudanças irão representar para a rede estadual. “Ficamos muito felizes pelo secretário atender a uma demanda da escola e da comunidade, mas também ficamos surpresos, porque agregado a essa reforma estrutural veio todo um projeto diferenciado para a escola, como a reforma do teatro. E junto a isso uma nova concepção de escola, com um complexo de eventos, além da implantação de novos cursos como cenografia, artes visuais e teatro. Então a unidade vai ganhar outra dinâmica”, afirmou.


ICEIA em fotos do acervo da Construtora Christiani Nielsen