Encontro internacional Virtual Educa será realizado em junho na Bahia

0
220

O XIX Encontro Internacional Virtual Educa, um dos maiores eventos mundiais sobre inovação e tecnologia aplicadas à Educação, vai acontecer entre os dias 4 e 8 de junho, em Salvador. O anúncio foi feito pelo secretário estadual da Educação do Estado, Walter Pinheiro, durante a aula inaugural da rede estadual de ensino, no Centro Educacional Carneiro Ribeiro – Escola Parque.

“Este não é um encontro de tecnologia, mas para que a gente possa entender como é possível, contextualizando a Educação, enxergar cada território, promover a transformação social. Sou parceiro deste encontro desde sua primeira edição. No ano de 2015, no México, disputamos sediar o Virtual Educa com a Argentina. Depois, em 2017, na Colômbia, a Bahia já sacramentou o evento. Tanto é que encerramos na Colômbia o ritual de passagem para 2018 aqui na Bahia”, disse Pinheiro.

O secretário também anunciou que o encontro vai ser realizado no Centro Estadual de Educação Profissional em Apoio Educacional e Tecnologia da Informação Isaías Alves (antigo Iceia), que está passando por uma ampla reforma.

“O Iceia será o novo modelo de escola em Salvador. Vai sediar o Virtual Educa e continuar sendo uma escola. Mas agora, voltando ao passado e contextualizando sua ação para o futuro, será um grande centro de formação para professores, um espaço para fazer encontros e congressos e a exposição permanente de obras artísticas dos talentos da nossa Educação”.

Pinheiro disse ainda que o ex-instituto, localizado no bairro do Barbalho, “terá seu teatro de volta, o segundo maior teatro de Salvador, que está sendo totalmente recuperado. Para se ter uma ideia, a última artista que se apresentou nesse teatro, antes de ser fechado, foi exatamente Elis Regina”.

A mais recente edição do encontro internacional reuniu mais de 29 mil pessoas em Bogotá, na Colômbia, em junho de 2017. De acordo com o secretário geral do Virtual Educa, José María Antón, a Bahia foi escolhida para sediar a próxima edição por diversos fatores preponderantes, a exemplo da diversidade cultural, localização, destaque em projetos educacionais e a vinculação com a África, continente que pela primeira vez participará do programa.

O Virtual Educa é uma iniciativa criada em 2001 com a Organização dos Estados Americanos (OEA), que tem o objetivo de gerar a inovação na Educação para promover a transformação social e o desenvolvimento sustentável, especialmente na América Latina e no Caribe. Opera por meio de uma aliança de organizações internacionais, agências multilaterais e instituições públicas e privadas, que reúne os setores público, empresarial, acadêmico e da sociedade civil. Nesta edição do encontro, será lançado o programa Think Blue, do Banco Mundial, que busca estabelecer um marco mundial sobre a economia do mar, com foco na sustentabilidade e na economia sustentável.