O Governo do Estado da Bahia lançou o XIX Encontro Internacional Virtual Educa

0
113

O governador Rui Costa participou do lançamento oficial do XIX Encontro Internacional Virtual Educa, na tarde desta segunda-feira (7), no Salão de Atos do prédio da Governadoria, juntamente com o Secretário da Educação, Walter Pinheiro e secretário geral do Virtual Educa, José María Antón. Esta é a primeira vez que o encontro é realizado na Bahia.

O Virtual Educa será realizado entre os dias 4 e 8 de junho no novo Centro de Formação e Eventos da Secretaria da Educação do Estado, que foi implantado no antigo Instituto Central de Educação Isaías Alves (Iceia), em Salvador. “Esta é uma oportunidade de trocar experiências com países da América Latina, Central e da África sobre como evoluir rapidamente mesmo convivendo com a realidade de regiões subdesenvolvidas. Será um momento para conhecermos outras realidades. A partir daí, teremos a possibilidade de conhecer experiências inovadoras e promover ações que transformem a nossa realidade também”, afirmou o governador Rui Costa.

Rui ainda ressaltou que a educação deve ser vista como elemento de transformação na vida das pessoas. “Só desta forma as pessoas irão se motivar para a educação plena. Nós temos motivado e utilizado diversas abordagens como a tecnologia, a arte para que o jovem entenda e compreenda a necessidade da educação na vida dele. O nordeste e a Bahia estão superando décadas de atraso na educação e, para isso, estamos trabalhando na base do ensino para que possamos dar grandes saltos nesta área”.

Durante o lançamento, estudantes da rede estadual de ensino tiveram a oportunidade de apresentar experiências tecnológicas que foram implantadas em suas unidades de ensino. As ações apresentadas foram o projeto e-Nova Educação, fruto de parceria com o google; o Inova Escola, em parceria com a Fundação Telefônica Vivo; e o livro digital ´Bahia, Brasil: identidade, trabalho e inovação’, do Projeto Ciência na Escola.

O estudante Natan Santana, 18 anos, do Colégio Estadual Norma Ribeiro, falou das mudanças da aprendizagem através do Inova Escola. “O projeto mostra que nós temos voz dentro da escola, com a implementação de inovações educacionais que potencializam a nossa aprendizagem e que está conectada ao século XXI. É a possibilidade de sairmos de uma formatação pronta e criarmos várias formas de aprender”, contou.

Ainda segundo o estudante Jonatas Tavares, 17, do Colégio Estadual Alaor Coutinho, em Mata de São João, na Região Metropolitana de Salvador, a implantação do e-Nova Educação trouxe conteúdo associado à tecnologia. “Nos dias atuais estamos vivendo com muita tecnologia e esse projeto nos faz caminhar junto com esses avanços, servindo como a ferramenta para termos o máximo de conhecimento disponibilizado em plataformas de conteúdos. Além de ajudar os estudantes a estarem interagindo e motivando ainda mais a participação nas atividades das escolas”, afirmou.

O Virtual Educa Bahia 2018 terá a participação de profissionais que são referência no campo educacional, tanto no Brasil como no exterior. O secretário geral do Virtual Educa, José Maria Anton, falou sobre a contribuição que o evento pode oferecer ao estado baiano. “Queremos deixar para a Bahia o legado de um projeto que pode se estender para todo o mundo. Além disso, a Bahia é um exemplo de como a educação inclusiva, com o apoio tecnológico, pode trazer grandes resultados”, revelou.

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, aproveitou para destacar a importância de sediar o evento e sua contribuição para ajudar os problemas que ainda persistem na educação. “É um encontro para debater, conhecer e compartilhar experiências. A partir daí, teremos condições de trilhar novos caminhos. É por isso também que iremos realizar o encontro no Iceia, que está sendo transformado em um novo espaço. É um Iceia repaginado para esse novo tempo. Espero que a partir de agora possamos realizar todos os eventos de educação no local. O evento servirá também para que possamos fazer leitura dessas transformações pedagógicas que foram implantadas na rede de ensino”. O secretário também destacou que durante o Virtual Educa, será lançado o Programa Think Blue do Banco Mundial, que visa estabelecer um marco mundial sobre a economia do mar e sua cadeia produtiva, associando a educação com crescimento econômico sustentável.

O encontro irá reunir professores e pensadores de universidades argentinas, mexicanas, equatorianas e colombianas. As inscrições para o evento ficam abertas até o dia 20 de maio, na internet. Os professores e profissionais de Educação das redes municipal, estadual e federal poderão realizar a inscrição de forma gratuita.